My Profile Photo

Jociel Souza

PHP Clojure Javascript Mongodb ZendFramework


Desenvolvedor Web - Backend - PHP


Estudante de Ciência da Computação, desenvolvedor de software apaixonado por tecnologia e entusiasta de empreendedorismo,


Estudante de Ciência da Computação procurando sempre aprender algo novo, desenvolvedor web com conhecimento em PHP7^, Zend Framework, Doctrine ORM, Doctrine ODM, MongoDB, Javascript, HTML, GIT entre outros, atualmente estudando também Clojure, Elm e o paradigma funcional e tentando compartilhar o conhecimento adquirido.


PHP - Declaração de tipos em PHP | Jociel Souza

PHP - Declaração de tipos em PHP

Typed Properties


Desde o PHP 5 existe uma característica chamada Indução de tipos (Type Hinting), sendo possível definir tipos de parâmetros de funções e métodos, mas era somente possível definir os tipos array e objetos com nome de classe.


Nate Grant em Unsplash


O que temos


PHP 7

O PHP 7 trouxe muitas mudanças, além do desempenho também possibilitou a definição de outros tipos escalares nos parâmetros de funções, Scalar typehinting, permitindo declarar os tipos int, float, string e bool. Além disso, podemos definir o tipo de retorno das funções e métodos [direi apenas funções, mas as regras valem para métodos também].

<?php

public function funcao(int $idade): int
{
    ...
    return idade + 1;
}


Com o PHP 7.1 temos Nullable Types, representado pelo sinal de interrogação ‘?’ antes do tipo declarado, assim podemos também definir que um parâmetro pode receber o tipo definido ou null, isso vale igualmente para o retorno da função.

<?php

public function funcao(?string $nome): ?string
{
    ...
    if (...) {
        return null;
    }
    return "Nome é " . $nome;
}


A partir da versão 7.1, o PHP também aceita o tipo void e a versão 7.2 trouxe mais algumas mudanças nesse sentido, disponibilizando o Object typehinting, assim podemos definir o tipo object para parâmetro e retorno de funções, deixando-os mais genéricos.

<?php

public function funcao(object User): object
{
    ...
    
    return new ObjectQualquer();
}


O que vem pela frente


Hoje, 26/09/18, temos a noticia que a RFC Typed Properties 2.0 foi aprovada, esta RFC introduz a possibilidade de declarar o tipo de propriedades de classes, prevista para entrar na versão 7.4 do PHP.

Com isso poderemos definir o tipo das propriedade das classes.

<?php

class Pessoa
{
    private int idade;
    private string nome;
    
    public function __construct(int idade, string nome)
    {
        ...
    }
}


O suporte à declaração de tipos é independente da visibilidade da propriedade, também de propriedades static. Segundo a RFC, a declaração de tipos para propriedades permitirá todos os tipos já suportados menos o void e callable.

Tipos suportados:

  • bool
  • int
  • float
  • string
  • array
  • object
  • iterable
  • self
  • parent
  • qualquer nome de classe ou interface

e também poderemos definir como Nullable Types

<?php

class User
{
    public ?string nome = null;
}


E como fica a conversão de tipos?

De acordo com a RFC, como acontece com os parâmetros e retorno de funções, os tipos das propriedades também serão afetados pela directiva strict_types. Caso a diretiva esteja setada como 1, o valor a ser atribuido para a propriedade deve satisfazer exatamente o tipo declarado, caso contrário seguirá a regra padrão de coerção de tipos do PHP.

<?php

declare(strict_types=1);

class User
{
   public int idade;
}

$user new User();

$user->idade = "42"; // Dará uma exception TypeError


Em caso de herança

Caso uma propriedade da classe pai for privada será possível alterar o tipo dela, outros casos não serão permitidos.


class A {
    private bool $a;
    public int $b;
    public ?int $c;
}

class B extends A {
    public string $a; // legal, because A::$a is private
    public ?int $b;   // ILLEGAL
    public int $c;    // ILLEGAL
}

Exemplo retirado do texto da RFC PHP RFC: Typed Properties 2.0


A RFC cita duas opções para a sintaxe de declaração de tipos em propriedades de classes, sendo o primeiro similar ao que já vem sendo usado na declaração de parâmetros e o segundo ao que é usado na declaração do retorndo de funções.


public int $teste;
public $teste: int;

Se a opção com :, public $teste: int; for usada, em casos de definição de valores padrão, também sâo citadas duas alternativas:


public $teste: int = 42;
public $teste = 42: int;

Os autores da RFC expressam sua preferência pela primeira opção, citando algumas situações nas quais a segunda alternativa ficaria um pouco confusa, como em casos que o valor padrão for uma expressão mais complexa como uma matriz grande, a definição do tipo ficaria muito longe do nome da propriedade prejudicando a legibilidade do código.

<?php

class User
{
    public $teste = [...
                     ...
                     ...
                     ...
                    ]: int;
}

Exemplo usando a segundo alternativa.


Conclusão

Na página da RFC Typed Properties 2.0 você pode encontrar a definição completa da proposta, inclusive o caso do tipo callable e algumas questões de tipos e referência que possuem algumas situações particulares que não foram citadas.

Ao meu ver essa definição de tipos permitirá favorecer a consistência do código e facilitar o tratamento de erros além de melhorar a legibilidade entre outro benefícios.

Agora apenas esperar por mais esse update no PHP.

Referências:
  • https://wiki.php.net/rfc/typed_properties_v2
  • https://wiki.php.net/rfc/void_return_type
  • https://wiki.php.net/rfc/nullable_types
  • https://wiki.php.net/rfc/scalar_type_hints_v5
  • https://wiki.php.net/rfc/object-typehint
comments powered by Disqus